Número total de visualizações de página

22.10.09

A REVOLUÇÃO RUSSA

A Rússia nas vésperas da Revolução

Governa o país uma monarquia absoluta e autocrática liderada pelo Czar;

A Igreja, a coroa e a aristocracia possuem a maioria da riqueza;

A Agricultura, a base da economia, apresenta-se muito atrasada e pouco produtiva, apesar de ocupar a maioria da população;

A industrialização é fraca e concentra-se nas cidades de Moscovo e S. Petersburgo;

Nota: Esta realidade faz da Rússia um país repressivo e onde operários e camponeses, a maioria da população levam uma vida de profunda miséria.

Acontecimentos revolucionários:

A Rússia viveu no início desse século três grandes movimentos revolucionários: A Revolução de 1905 e as duas revoluções de 1917. Em todas a organização dos Sovietes e a sua acção política foi fundamental.

1905 - Domingo Sangrento - Morte de milhares de pessoas que pretendiam entregar ao Czar uma petição para exigir a melhoria das condições de vida e um parlamento.

1914-1917 - A participação da Rússia na Iª Guerra Mundial agrava ainda mais as dificuldades e o descontentamento da população contra o Czar.

1917 - Revolução de Fevereiro

Em 23 de Fevereiro de 1917 iniciou-se uma grande insurreição em S. Petersburgo. O czar Nicolau II foi forçado a abdicar, tendo-se formado um governo provisório, apoiado por liberais e socialistas moderados. Deste modo, a Rússia passou a ter um regime liberal parlamentar. Foi a revolução burguesa. Entretanto, a guerra continuava, fazendo crescer o descontentamento popular.

1917 - Revolução de Outubro

O governo Provisório, saído da revolução de Fevereiro, liderado por Kerensky, um socialista moderado, mostrava-se impotente para controlar os acontecimentos (revoltas e manifestações frequentes organizadas pelos Bolcheviques e lideradas por Lenine. Em 25 de Outubro de 1917, os bolcheviques desencadearam uma insurreição armada e tomaram o poder. Foi a Revolução de Outubro, a primeira revolução socialista triunfante.

Sem comentários: