Número total de visualizações de página

21.4.08

O Muro de Berlim; Muro da Vergonha


O Muro de Berlim (Berliner Mauer em alemão) foi uma realidade e um símbolo da divisão da Alemanha em dois países diferentes: a República Federal da Alemanha (RFA) e a República Democrática Alemã (RDA). Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes:

* Berlim Ocidental (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos da América;

* Berlim Oriental (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime soviético.


Construído na madrugada de 13 de Agosto de 1961, dele faziam parte 66,5 km de gradeamento metálico, 302 torres de observação, 127 redes metálicas electrificadas com alarme e 255 pistas de corrida para ferozes cães de guarda.

Este muro provocou a morte a 80 pessoas identificadas, 112 ficaram feridas e milhares aprisionadas nas diversas tentativas de o atravessar.

O Muro de Berlim caiu no dia 9 de Novembro de 1989, acto inicial da reunificação das duas Alemanhas, que formaram finalmente a República Federal da Alemanha, acabando também a divisão do mundo em dois blocos. Muitos apontam este momento também como o fim da Guerra Fria.

In Wikipédia


Conhece algumas das histórias associadas à tentativa de transposição do Muro de Berlim.
http://www.dw-world.de/dw/article/0,2144,2063310,00.html

14.4.08

Reconstrução da Europa e Política de Blocos

A Europa, profundamente arruinada e endividada depois da 2ª Guerra Mundial, foi alvo por parte dos Estados Unidos, de um plano para a sua recuperação: O Plano Marshall. Este visava ajudar a recuperar a economia europeia, reforçar o papel dos EUA como superpotência e evitar o avanço do comunismo.
A URSS recusou aderir a este plano e convenceu os países da Europa de Leste a fazerem o mesmo. Em contrapartida criou com estes países de Leste, o COMECON.
A Europa passava a estar profundamente dividida em dois blocos que procuravam desenvolver-se e cooperar economicamente, militarmente e politicamente.
Esta profunda divisão que se estendeu ao resto do mundo, criou uma situação de grande e permanente tensão militar, ideológica e diplomática que ficou conhecida por Guerra Fria.


9.4.08

Quadro Síntese sobre a 2ª Guerra Mundial


A 2ª GRANDE GUERRA MUNDIAL
Antecedentes
· Fracasso da SDN
· A Grande Depressão dos Anos 30
· O aparecimento dos regimes ditatoriais
· O sentimento de humilhação dos alemães face ao Tratado de Versalhes
· O militarismo e expansionismo dos regimes fascista e nazi
Eclosão do conflito
· A luta pela posse de Danzing (território polaco)
· A Polónia não cede à pressão alemã
· A Alemanha invade a Polónia
· A França e a Inglaterra declaram guerra à Alemanha
Fases da 2ª Grande Guerra
· 1ª fase (1940/1941) – Guerra-relâmpago (Blitzkrieg).
· 2ª fase (1942-1943) – Guerra total [mundialização da guerra].
· 3ª fase (1944-1945) – Vitória dos Aliados.
Consequências humanas
· Genocídio do povo judeu
· Cerca de 60 milhões de vítimas
· Destruição de cidades, indústrias e vias de comunicação.
Consequências políticas
· Formação de duas grandes áreas de influência:
· URSS – [BLOCO DE LESTE]
· EUA – [BLOCO OCIDENTAL]
· Julgamento dos autores dos crimes de guerra [Tribunal de Nuremberga]
· Formação da ONU
Adaptado do manual Cadernos de História 9, Areal Editores