Número total de visualizações de página

24.6.10

A República e a Imprensa III



Cidadãos irmanados no espírito da República,

Os nossos detractores, desejosos do regresso ao tempo de vergonha em que a monarquia afundou a Pátria, fazem uma campanha vil para denegrir o nosso jovem regime.
Temos que estar atentos a estas campanhas infames que afrontam os nossos ilustres dirigentes e querem confundir o povo, apelando ao levantamento contra o justo regime que acabámos de implantar, com sofrimento e derrame de sangue, no dia 5 de Outubro.
Porque defendemos uma imprensa livre e a liberdade de expressão não queremos encerrar jornais mesmo quando estes têm um comportamento indigno para o país de liberdade que queremos, mas exorto-vos a que desprezeis a sua leitura e, desta forma, os condenemos a definhar, tal como irão desaparecer deste nosso território pátrio, os adeptos do regime opressor que derrubámos.
Viva a Liberdade, Viva a República!
Texto colectivo criado pela turma do 9º A do Agrupamento de Escolas de Vila Velha de Ródão, recriando um possivel comunicado publicado num jornal republicano.
A imagem da época e o comunicado mostram a atitude republicana face à Imprensa. Comenta estes documentos.

1 comentário:

Anónimo disse...

Depois do 5 de Outubro de 1910, com a monarquia já derrubada e o rei exilado na Inglaterra, os republicanos começaram a sentir sobre si as dificuldades da governação, o descontentamento popular e a forte oposição dos adeptos da monarquia. Estes usavam, à semelhança daquilo que os republicanos fizeram, a imprensa a eles afecta para atacar o regime republicano e apelavam á população para se opor às políticas republicanas. Tinham também o apoio da Igreja que não concordava com a separação do Estado da Igreja.
Os republicanos tinham consciência do poder que a imprensa e influência tinha sobre a população, especialmente das cidades, e por isso começaram a usar a força sobre a imprensa que publicava as coisas pouco favoráveis aos republicanos. A imagem reflecte a reacção dos governos republicanos que pouco a pouco foi perseguindo jornais e jornalistas, tal como a monarquia já o tinha feito antes de 1910.
O texto que construímos é uma tentativa de ilustrar o pensamento dos governos republicanos que usariam a imprensa para publicar comunicados de “contrainformação”.

Turma do 9º A